Infografia. Ilustração. Desenho Editorial. Banda Desenhada

Páginas

28 janeiro 2017

Festival d'Angoulême


Fauve d'Or - Prix du Meilleur Album. O álbum de banda desenhada ‘Paisage après la Bataille’ (2016 Actes Sud BD / Frémok), dos belgas Philippe de Pierpont (argumento e cenário) e Eric Lambé (desenho), acaba de ser distinguido no Festival d'Angoulême com o prémio Fauve d'Or, para melhor álbum editado em França em 2016, entre as 42 obras a concurso.

A novela gráfica conta a história de Fany, uma jovem que se aloja num acampamento de caravanas durante um Inverno rigoroso e da relação que cria com residentes com vidas precárias. Uma obra de ritmo lento, de poucas palavras e cores, e de um grafismo abstracto e minimalista.

Criado em 1974, o Festival d'Angoulême é o mais importante festival de banda desenhada europeu e realiza-se anualmente na vila francesa de Angoulême, na região de Poitou-Charentes. O festival reúne mais de 260 expositores, 7 000 profissionais, 1 600 autores e 800 jornalistas e programa exposições temáticas, ateliers, espectáculos, projecções, encontros com autores, apresentação de álbuns, debates e conferências, para além da feira de banda desenhada.

Festival d'Angoulême - Palmarès Officiel 
FAUVE D'OR - PRIX DU MEILLEUR ALBUM 2016 
‘Paisage après la Bataille’ Philippe de Pierpont / Eric Lambé (2016 Actes Sud BD / Frémok) 
FAUVE D’ANGOULEME - PRIX SPECIAL DU JURY 
‘Ce qu’il Faut de Terre à L’Homme’ Martin Veyron (2016 Dargaud)



16 janeiro 2017

‘Doidos por Vinho’


Guia infográfico com design inovador. Navegar no mundo dos vinhos é uma experiência assustadora para principiantes, por isso, ‘Doidos por Vinho’, de Madeline Puckette e Justin Hammack, é o guia perfeito para os novos apreciadores. Combinando uma escrita acessível e um design infográfico moderno, este guia agora lançado pela Saída de Emergência oferece aos leitores respostas práticas a todas as questões sobre vinhos.

Com ‘Doidos por Vinho’, qualquer novo apreciador ganha mais confiança e experiência para se lançar à aventura no vasto mundo dos vinhos. É um guia de referência visual elaborado especificamente para os apreciadores diários de vinho. Ao longo de 240 páginas pode encontrar-se princípios básicos sobre o vinho, como provar, manusear e armazenar o vinho, um compêndio de 55 tipos diferentes de vinho e 20 mapas detalhados de regiões vinícolas.

Os autores norte-emericanos de ‘Doidos por Vinho’ são os co-fundadores do site especializado em cultura do vinho ‘Wine Folly’. Justin Hammack é responsável pela estratégia de negócio e Madeline Puckette é ilustradora e infografista responsável pelo design gráfico do ‘Wine Folly’ e certificada pelo Court of Masters Sommeliers.



Ver ‘Saída de Emergência - Doidos por Vinho’, ‘Wine Folly - The Essencial Guide to Wine’, ‘Wine Folly - Infographic’ e ‘Wine Folly - Madeline Puckette’.

16 dezembro 2016

‘Vitória’


A romana que viveu na Batalha. A Câmara Municipal da Batalha está a oferecer aos seus jovens munícipes o livro ’Vitória: A romana que viveu na Batalha’, uma obra dirigida ao público infanto-juvenil que aborda a história de Collipo, a antiga cidade romana de há mais de 2 000 anos que se encontrava instalada em São Sebastião do Freixo, na freguesia de Golpilheira, concelho da Batalha. 

Com ilustrações de Luís Taklim e Carla Rotchild, ilustradores da agência de design de comunicação portuguesa Anyforms, o livro ’Vitória: A romana que viveu na Batalha’ pretende despertar o interesse junto dos mais novos para a história milenar do concelho, enfatizando o papel pedagógico e cultural do MCCB Museu da Comunidade Concelhia da Batalha.

O MCCB Museu da Comunidade Concelhia da Batalha já foi distinguido com o Prémio APOM - Melhor Museu Português 2012 e EMYA - Kenneth Hudson Award 2013. É um projecto inserido na linha da Nova Museologia e da Sociomuseologia que pretende valorizar a identidade e a história do Concelho da Batalha e dos seus munícipes.

 



Ver ‘CM Batalha - Cultura’, ‘MCCB - Museu da Comunidade Concelhia da Batalha’ e ‘Anyforms - Design de Comunicação’.

08 dezembro 2016

Pantone Color of the Year 2017


Greenery. A empresa norte-americana Pantone, da X-Rite, autoridade mundial em cor e prestadora de padrões de cor profissionais, acaba de anunciar o Greenery como a Pantone Color of the Year 2017. Sombra refrescante e revitalizante, a verdura é símbolo de novos começos. Uma tonalidade que afirma a vida e a busca de paixão e vitalidade.

Greenery é uma sombra fresca e estimulante, um amarelo-verde que evoca os primeiros dias da Primavera, quando verdes da natureza revivem, restauraram e renovam. Ilustrativo da folhagem florescente e da exuberância do ar livre, os atributos fortificantes de Greenery levam a uma respiração profunda, oxigenada e revigorante. Verdura é natureza neutra.

A selecção da Pantone Color of the Year exige uma análise cuidada e pesquisa mundial de influências de cor pela X-Rite, líder mundial em ciência e tecnologia de cor. A empresa desenvolve, fabrica, comercializa e oferece suporte a soluções inovadoras de cor através de sistemas de medição, software, padrões de cores e serviços. A subsidiária Pantone é fornecedora de profissionais de design com produtos e serviços para a exploração da cor e expressão da criatividade.


Ver ‘Pantone - Introducing Greenery Color of the Year 2017’, 'Pantone - Celebrate Color’.

22 novembro 2016

A History of Knowledge


The best infographics from the 'National Geographic Magazine' archives. A melhor infografia da ‘National Geographic Magazine’ nos últimos 128 anos está agora compilada no livro ‘National Geographic Infographics’, acabado de editar pela Taschen. A antologia editada pelo designer gráfico Julius Wiedemann reúne, ao longo de 480 páginas, sete secções dedicadas à história, planeta, ser humano, mundo animal, mundo das plantas, ciência e tecnologia e espaço.

O livro ‘National Geographic Infographics’ conta com um ensaio do autor e investigador de informação gráfica inglês Nigel Holme, traçando a evolução da ‘National Geographic Magazine’ ao longo das décadas e o uso pioneiro de gráficos, bem como cinco desdobráveis tal como as inserções originais da revista.

Registo e repositório para descobertas, conhecimento e aprendizagem acessíveis, a antologia ‘National Geographic Infographics’ é lançada nas versões multilíngua italiano/português/espanhol e inglês/francês/alemão.





Ver ‘Taschen - National Geographic Infographics’.

16 novembro 2016

ÑH13 ya tiene ganadores!


Uma medalha de prata e duas de bronze para a infografia portuguesa. O júri da 13ª edição dos Premios ÑH - Lo Mejor del Diseño Periodístico España/Portugal y América Latina, reunido em Pamplona (Navarra), acaba de conceder um total de 239 medalhas, 46 das quais às secções Infografia. O‘Público’ conquistou um prémio Prata na categoria Infografia/Portfolios e o ‘Expresso’ dois prémios Bronze na categoria Infografia/Reportagens.

À 13ª edição dos Premios ÑH, que este ano se tornou intercontinental, abrindo-se de Portugal e Espanha à América Latina, apresentaram-se a concurso 2 620 trabalhos de 15 países (2 202 de meios impressos e 418 de meios digitais) de 120 meios de comunicação. Entre os jurados esteve Sónia Matos, directora de arte do ‘Público’. A entrega dos prémios ocorrerá durante o Congreso ÑH13 Medellín - Congreso Anual del Diseño Periodístico, que terá lugar no final de Novembro na Colômbia.

Os Premios ÑH foram criados pelo SNDE Capítulo Español de la Society for New Design para impulsionar a qualidade do jornalismo visual em Espanha e Portugal, para apostar numa aproximação entre desenho, fotografia, infografia e ilustração nas redacções e para reconhecer as boas práticas nos media. A edição de 2016 apresentou-se com mais força e presença, com o concurso de jornalismo visual a tornar-se intercontinental, abrindo-se à América Latina.


RELACIÓN DE MEDIOS Y TRABAJOS DE PORTUGAL QUE HAN OBTENIDO MEDALLA EN  ÑH13 

DIARIOS Y SEMANARIOS

PORTADAS 
Plata 
'Região de Leiria' (Portugal). Atentados em França
Bronce 
'Expresso' (Portugal). Brexit
'Público (Portugal). Confiança / Nelson Évora
'Público' (Portugal). Terror em Bruxelas

PÁGINAS INTERIORES / REPORTAJES 
Plata 
'Público' (Portugal). Consumo de tabaco

INFOGRAFÍA / REPORTAJES 
Bronce 
'Expresso' (Portugal). O novo canal do Panamá. 
'Público' (Portugal). Banif.

INFOGRAFÍA / PORTAFOLIOS 
Plata 
'Público' (Portugal). Portafolio

SUPLEMENTOS DE PERIODICIDAD REGULAR / PÁGINAS INTERIORES 
Plata 
'Expresso' (Portugal). A pesca vira luxo. 

REVISTAS DE DIARIOS / PORTADAS 
Plata 
'Expresso E' (Portugal). Anatomia de Sócrates

PUBLICACIONES DIGITALES AUDIOVISUAL / MEJOR VÍDEO 
Bronce 
'Público' (Portugal). O que é isto de vida independente? 

INNOVACIÓN 
Plata 
'Expresso' (Portugal). 2:59 Banca.



Ver ‘SNDE - ÑH13’, ‘ÑH13 - Nota de Prensa’ e ‘ÑH13 - Lista de Pemios’.

20 outubro 2016

Amadora BD


27.º Festival Internacional de Banda Desenhada. A edição de 2016 do festival de banda desenhada Amadora BD decorre de 21 de Outubro a 06 de Novembro e apresenta como tema central ‘O Tempo e o Espaço', com obras dos autores Hergé, Hugo Pratt e Moebius. O local principal de exposição é o Fórum Luís de Camões, na Brandoa - Amadora.

O programa do festival promovido pela CM Amadora, com Nelson Dona como director, contempla exposições, presença de autores nacionais e estrangeiros (sessões de autógrafos, debates e colóquios, novidades editoriais e workshops), espaço come rcial (feira do livro de banda desenhada) e animação infantil.

No âmbito do Amadora BD, serão atribuídos os Prémios Nacionais de Banda Desenhada que funcionam como elemento credibilizador do panorama português de banda desenhada. No sábado, 22 de Outubro o ‘Diário de Notícias’ associa-se ao Amadora BD apresentando uma edição especial com ilustrações de artistas de banda desenhada.

EXPOSIÇÕES 
‘Espaço, Tempo e Banda Desenhada’ por Eduardo Côrte-Real e Susana Oliveira 
‘Lucky Luke, 70 Anos’ de Morris ‘Zombie’ de Marco Mendes 
‘Democracia’ de Alecos Papadatos e Abraham Kawa 
‘Ano Editorial Português’ por Luís Salvado e Sandy Gageiro 
AUTORES PRESENTES 
Antonio Altarriba e Kim, autores de ‘A Asa Quebrada’ (2016 Levoir/Público) 
Guazzelli 
Marcello Quintanilha, autor de ‘Tungsténio’ (2015 Polvo) 
Tony Sandoval, autor de ‘As Serpentes de Água’ (2014 Kingpin) 
LANÇAMENTOS 
‘Democracia’ de Alecos Papadatos, Abraham Kawa e Annie Di Donna (2016 Bertrand Editora) 
‘Rendez-Vous em Phoenix’ de Tony Sandoval (2016 Kingpin Books) 
‘Do Inferno’ de Alan Moore (2016 Devir) 
‘Lucky Luke - A Terra Prometida’ de Achdé (2016 LeYa ASA) 



Ver ‘FIBDA - Amadora BD’ e ‘FIBDA - Apple App Store’.

14 outubro 2016

Colégio dos Jesuítas do Funchal


Mapas Ilustrados Anyforms. Fundado por alvará do rei D. Sebastião, em 1569, o Colégio dos Jesuítas do Funchal marcou, ao longo dos séculos, a vida de toda a ilha da Madeira. Por mais de 400 anos teve vários inquilinos, desde invasores ingleses até à Universidade da Madeira, chegando a funcionar como instalação militar durante mais de um século. O Colégio dos Jesuítas tem agora um Mapa Ilustrado Anyforms que lhe é dedicado, um guia desdobrável de duas faces editado pela Associação Académica da Universidade da Madeira e distribuído nos postos Turismo da Madeira, hotéis e centros de negócios, comércio e cultura.

O mapa ilustrado ‘Colégio dos Jesuítas' representa visualmente o edifício, uma mistura arquitectónica resultante das reformas feitas por cada ocupante com vários pormenores de interesse relativos a episódios da história nacional e internacional. Além da arquitectura, o colégio possui uma impressionante colecção de mobiliário e arte, boa parte da qual oriunda da Quinta do Monte, onde viveu e faleceu Carlos de Habsburgo, último imperador da Áustria.

Os Mapas Ilustrados Anyforms são um produto editorial diferenciador que recorre à ilustração e infografia para representar visualmente dados e informação geográfica, histórica, patrimonial e cultural. O seu design gráfico harmoniza identidade visual, sinalização e ambientação. Para além de ajudarem a compreender e navegar, reflectem as novas tendências gráficas aliadas às narrativas visuais.


Ver 'Anyforms - Mapas Ilustrados', ‘Anyforms - Design de Comunicação’ e ‘AAUMa - Colégio dos Jesuítas’.

02 outubro 2016

Chicas Poderosas Portugal


Luísa Sousa. Se é para ir, é para ir com tudo. O projecto de empoderamento feminino Chicas Poderosas, fundado pela designer portuguesa Mariana Santos, chega a Portugal. São quatro dias de inspiração, mais de 40 oradores, quatro workshops, dezenas de temas de discussão e partilha. Jornalismo, igualdade de género, criatividade e liderança. Entre as oradoras, destaque para a designer gráfica Luísa Sousa. A infografista formou-se na Faculdade de Belas Artes de Lisboa e tem um percurso profissional que se iniciou na Anyforms, agência portuguesa de design de comunicação, tendo depois ingressado na DataMonitor, ‘Dinheiro Vivo’ e BBC, onde é actualmente user experience designer. 

Entre 05 e 08 de Outubro, a Casa das Histórias Paula Rego, em Cascais, enche-se de Chicas Poderosas. O movimento, que foi crescendo em escala e em actuação da organização, transformou-se numa rede que envolve mais de 2 500 pessoas em mais de 10 países. Na bagagem traz inspiração dos quatro cantos do planeta e vontade de mudar o mundo, miúda a miúda.

Miúda a miúda, no Chicas Poderosas Portugal juntam-se jornalistas, designers, programadores e criativos para, juntos, conhecerem novas ferramentas, inspirações e nomes nacionais e internacionais que se têm destacado como jornalistas, designers, programadores e empreendedores de referência. A ideia é que, a partir desta inspiração e destas ferramentas, os participantes possam ganhar instrumentos para fazerem mudar a sua visão e a forma como as equipas que integram trabalham.


Ver 'Chicas Poderosas Portugal', 'Chicas Poderosas' e 'LinkedIn - Luísa Sousa'.

02 setembro 2016

‘O Árabe do Futuro 2’ de Riad Sattouf


Ser jovem no Médio-Oriente (1984-1985). Depois de ‘O Árabe do Futuro’ (2015 LeYa Teorema), com argumento e desenho Riad Sattouf, o autor de banda desenhada francês de origem líbia regressa com o segundo volume ‘O Árabe do Futuro 2’. O álbum cobre o primeiro ano de escola do pequeno Riad na Síria, no período de 1984-1985, altura em que viveu entre a Líbia, França e Síria.

A novela gráfica autobiográfica ‘O Árabe do Futuro 2’ (2016 LeYa Teorema), revela ao longo de 160 páginas um alcance político, humor arrasador e grande sensibilidade. O relato literário pleno em forma de novela gráfica mostra um traço simples e narrativa fluída e descontraída. Um olhar justo e incisivo apoiado por uma linha flexível e expressiva e um código de cor sóbria.

O primeiro volume de ‘O Árabe do Futuro’, que relata a infância do autor de 1978 a 1984, foi distinguido no Festival d’Angoulême com o prémio Fauve d’Or 2014, para melhor álbum editado em França. ‘O Árabe do Futuro’ é uma trilogia de Riad Sattouf, também autor do álbum de banda desenhada ‘Pascal Brutal - Plus Fort que les Plus Forts’ (2009 L’Association), premiado com o Festival d’Angoulême - Fauve d’Or 2010, colaborador do jornal satírico ‘Charlie Hebdo’ e realizador do filme ‘Les Beaux Gosses - Uns Belos Rapazes’ (2009 Pathé).


Ver ‘Leya Teorema - O Árabe do Futuro’, ‘Riad Sattouf’ e ‘Allary Éditions - L’Arabe du Futur 2’.

28 agosto 2016

Visual Vocabulary - Designing with data


Simple techniques for bridging the graphics language gap. A representação visual da informação complexa na imprensa é um desafio para infografistas que exige técnicas simples para ultrapassar as lacunas da linguagem gráfica. No artigo ‘Simple techniques for bridging the graphics language gap’, o editor de visualização de dados do ‘Finantial Times’, Alan Smith, apresenta a gramática para a concepção e utilização de gráficos.

O diário britânico de economia e negócios desenvolveu o recurso de aprendizagem ‘Visual Vocabulary - Designing with data’ que está no centro da aprendizagem dos jornalistas da redacção. O objectivo é dar a reconhecer as oportunidades de usar gráficos com eficácia ao lado de texto.

‘Visual Vocabulary’ é inspirado no ‘The Graphic Continuum’, de Jon Schwabish e Severino Ribecca, que funciona como um ‘desbloquador de ideias’ para o desenvolvimento de infografias a partir de dados complexos. Consiste numa gama ampla de gráficos organizados por seis categorias básicas, uma gramática, necessáriamente simplificada, para a concepção e utilização de gráficos.

file:///C:/Users/Utilizador1/Downloads/Visual-vocabulary.pdf

Ver ‘Finantial Times - The Chart Doctor’ e ‘The Graphic Continuum’.

24 agosto 2016

Literature Infographics


Discover in-depth literary analysis via infographics for all your favorite books. A plataforma de aprendizagem online para estudantes Course Hero oferece recursos para o estudo. O portal de ensino norte-americano disponibiliza agora a colecção ‘Literature Study Guides’ que recorre à infografia para a análise literária de clássicos de ficção.

Com os manuais digitais ‘Literature Study Guides’ é possível descubrir de maneira única e em profundidade as obras literárias. Os guias representam visualmente a informação sobre personagens, temas, autores e dispositivos literários.

A colecção ‘Literature Study Guides’ conta já com cinco dezenas de títulos, entre originais de autores anglo-saxónicos e traduções para a língua inglesa.



Ver ‘Course Hero - Literature Study Guides’ e ‘Course Hero - Literature Infographics‘.

20 agosto 2016

‘The Best American Infographics 2016’


A showcase of the most creative and effective visualizations of data from the past year. O jornalista norte-americano Gareth Cook, colaborador do ‘The New York Times’ e editor do blogue de neurociência ‘Scientific American - Mind Matters’, lança a quarta edição anual do livro ‘The Best American Infographics’, que apresenta os melhores exemplos de representações visuais de informação. O jornalista de ciência norte-americano Robert Krulwich, da rádio NPR, é o autor da introdução da obra.

Gareth Cook reune nas 176 páginas de ‘The Best American Infographics 2016’, publicado pela Houghton Mifflin Harcourt, gráficos e mapas capitalizando a proliferação de infografias e visualizações de dados nos media para revelar padrões globais.

Galardoado com o Pulitzer Prize 2005 pela sua capacidade em explicar com clareza a complexidade científica e a dimensão ética da pesquisa, Gareth Cook é o editor de ‘The Best American Infographics’ na colecção The Best American Series, da Houghton Mifflin Harcourt, que já conta com o título anual ‘The Best American Comics’, iniciado em 2006.


Ver ‘Gareth Cook - Is a writer and editor’ e ‘HMH - The Best American Infographics 2016'.

16 agosto 2016

ÑH cruza el charco


¡Hola América! Os Premios ÑH regressam em 2016 com mais força e presença, como o concurso de jornalismo visual a tornar-se intercontinental, abrindo-se de Portugal e Espanha à América Latina. A edição deste ano contempla a nova categoria Diarios y Semanarios Populares e anuncia o ÑH Congreso Anual del Diseño Periodístico para Novembro, em Medellín (Colômbia).

Os Premios ÑH - Lo Mejor del Diseño Periodístico España & Portugal foram criados pelo SNDE Capítulo Español de la Society for New Design para impulsionar a qualidade do jornalismo visual em Espanha e Portugal, para apostar numa aproximação entre desenho, fotografia, infografia e ilustração nas redacções e para reconhecer as boas práticas nos media.

A SND-E criou em 2004 os Premios e Congreso ÑH para o reconhecimento da qualidade informativa-visual da imprensa ibérica. O concurso avalia e premeia os melhores trabalhos de design gráfico, infografia, fotografia e ilustração, da imprensa escrita nacional de Portugal e Espanha.


Ver ‘ÑH - Lo Mejor del Diseño Periodístico’ e ‘SNDE - Capítulo Español de la Society for New Design’.

30 julho 2016

Call for Entries to the European Newspaper Award


Deadline: October 4, 2016. O envio de trabalhos ao 18th European Newspaper Award decorre até 04 de Outubro, com os resultados do concurso a serem anunciados em Novembro e Dezembro. O prémio é considerado a maior competição europeia de design de jornais.

O objectivo do European Newspaper Award é contribuir para o fomento do intercâmbio de informações sobre a concepção e desenho de jornais a nível europeu. A iniciativa criada, em 1999, pelo designer de imprensa Norbert Kupper, é complementada com o European Newspaper Congress. 

O júri composto por mais de uma dezena de designers, jornalistas e professores de jornalismo reúne-se na Alemanha para distinguir trabalhos em 20 categorias de mais de duas centenas de jornais europeus a concurso. Nas últimas edições do European Newspaper Award, Portugal conquistou prémios na categoria Infographics com trabalhos publicados pelo 'Expresso', 'Diário de Notícias' e 'Jornal i'.


Ver ‘European Newspaper Award’ e ‘18th European Newspaper Award - Call for Entries Brochure’.