Infografia. Ilustração. Desenho Editorial. Banda Desenhada

Páginas

04 junho 2011

Historias Contadas


Cada Vez Más Rapido. O designer gráfico espanhol Manuel Romero, especializado em infografia e fundador do estúdio de desenho e comunicação Servicio Telegráfico, faz uma reflexão sobre vídeoinfografia e infografia interactiva no blogue ‘VisualZinking’ de Carlos Gámez Kindelán. No post ‘Historias Contadas Cada Vez Más Rapido’, Manuel Romero começa por definir as vídeoinfografias como “pequenos filmes de três ou quatro minutos onde as explicações visuais se sucedem com muito ritmo e cuja única ferramenta de navegação são os comandos play/pause do reprodutor de vídeo”, antecipando que estes se vão popularizar nos meios online.

Já em relação às infografias interactivas, o fundador do Servicio Telegráfico lembra que, no final dos anos 1990, “algumas redacções consideraram a Internet e o Adobe Flash como a ferramenta definitiva para os gráficos. Abriam-se novas possibilidades para poder ultrapassar as limitações do papel”. Acabavam os limites de extensão e os objectos podiam mover-se e interagir com os leitores. Começaram a desenvolver-se macrográficos, sequências, animações e o acesso a informações usando botões e menus. “Há obras impressionantes com muitas sequências e explicações”, avalia Manuel Romero.

Contudo, ao longo dos anos a Internet evoluiu para novos rumos, sempre a requerer maior rapidez e mais informação em menos tempo. Manuel Romero chega agora à conclusão que “talvez o leitor não queira gastar tanto tempo e trabalho a clicar para visualizar. Talvez nunca o tenha desejado e o fascínio pela interactividade tenha sido dos infografistas empenhados em mostrar as possibilidades”, admite o fundador do Servicio Telegráfico.


Sem comentários: