Infografia. Ilustração. Desenho Editorial. Banda Desenhada

Páginas

30 setembro 2011

Inovação no Diálogo Texto e Imagem na Media Impressa e Web


Debates Universitários. O designer gráfico espanhol Alberto Cairo, director de infografia da revista brasileira 'Época', da Editora Globo, participou como orador nos ‘Debates Universitários ’, promovidos pelo diário brasileiro ‘O Povo’, em Setembro, na faculdade FA7 em Fortaleza. Na palestra que titulou ‘Infografia: Inovação no Diálogo Texto e Imagem na Media Impressa e Web’, Alberto Cairo salientou a importância de uma ética dentro da infografia, tendo em vista que se trata de um conteúdo informativo. E afirmou ainda que “primeiro o profissional deve pensar na informação, depois nos dados. E jamais mentir”, destacando a importância da especialização dentro da infografia.

O jornalista visual esclareceu que “infografia vai além da arte” e destacou que deve ser “uma ferramenta funcional para responder às perguntas do leitor e uma ajuda na compreensão da informação”, um trabalho que pode ser designado como “engenharia visual da informação”, disse ao criticar a confusão que se faz entre arte e infográficos. “Já que se quer chamar arte, que se junto o adjectivo ‘funcional’”. Além disso, Alberto Cairo explicou que para que haja uma boa infografia é necessário que “o designer e o jornalista conversem, para que o designer saiba o contexto gráfico”.

Para Alberto Cairo, a infografia remonta aos primeiros mapas e pouco a ver com o conceito virtual da navegabilidade. “Um infográfico é uma representação gráfica visual abstracta de dados ou informações, não tem nada a ver com a influência da Internet. Existe desde que a humanidade é humanidade, como os mapas, por exemplo, há mais de cinco mil anos”, referiu. “Na era do visual, a Internet reforça o poder dos gráficos, simplesmente porque mais da metade do nosso cérebro está relacionado com o processamento de dados visuais”, lembrou.


Ver ‘O Povo - Debates Universitários’ e ‘FA7 - Notícias’.

Sem comentários: