Infografia. Ilustração. Desenho Editorial. Banda Desenhada

Páginas

24 agosto 2012

‘O Gato do Rabino’


O Paraíso Terrestre / Jerusalém de África. Argélia do início do século XX. Ao engolir um papagaio, um gato conquista o poder da palavra e começa a questionar-se se não será judeu, contando os diálogos com o seu mestre. O álbum de banda desenhada ‘O Gato do Rabino’ apresenta uma narrativa bem-humorada e um desenho impreciso e distorcido numa homenagem poética à cultura judaica e aos pintores argelinos.

Acabado de lançar pela LeYa ASA, 'O Gato do Rabino' é duplo álbum que reúne os volumes ‘4 - O Paraíso Terrestre’ e ‘5 - Jerusalém de África’, depois do álbum triplo com os tomos ‘1 - O Bar-Mitsvá’, ‘2 - O Malka dos Leões’ e ‘3 - O Êxodo’ editado pelo ‘Público’ na colecção Os Incontornáveis de Banda Desenhada.

‘O Gato de Rabino’ é uma série de banda desenhada do desenhador francês Joann Sfar, de 41 anos, considerado um dos mais importantes criadores da nova vaga franco-belga de banda desenhada e autor das séries ‘Donjon’ e ‘Petit Vampire’ e do álbum ‘O Principezinho - Segundo a obra de Saint-Exupéry’ (2009 Editorial Presença).

Les Inrockuptibles - 100 BD Indispensables
Festival d’Angoulême - Prix du Trentenaire
Eisner Awards - Best U.S. Edition of Foreign Material 2006


Ver ‘Le Chat du Rabbin’ e ‘Le Petit Monde de Joann Sfar’.

Sem comentários: