Infografia. Ilustração. Desenho Editorial. Banda Desenhada

Páginas

30 outubro 2012

‘Três Sombras’


Ces ‘choses’ sont là pour Joachim. Novela gráfica com uma narrativa num cenário desestruturado, ‘Três Sombras’ (2012 Polvo), de Cyril Pedrosa, apresenta um desenho com traços em espiral, em estilo escolar, a lapiseira e carvão. Acabado de lançar, o livro de banda desenhada, com 270 páginas, foi apresentado no festival Amadora BD que conta com a presença do autor e uma exposição da sua obra.

‘Três Sombras’ conta a história do pequeno Joachim que vive despreocupadamente e protegido do mundo pelos seus pais. Numa noite em que o sono não chega, observa sombras de três cavaleiros na colina oposta à sua casa. Estas visões, pressentimento de perda, estão lá só para ele. Louis, o seu pai, contraria-o e afronta o inevitável.

O ilustrador francês Cyril Pedrosa, de 39 anos e neto de emigrantes portugueses em França, é autor de ‘Portugal’ (2012 LeYa ASA). A novela gráfica ‘Três Sombras’ foi distinguida pelo festival BD Angoulême ao integrar a lista ‘Les Essentiels 2008’, o reconhecimento de uma obra assombrosa em banda desenhada, uma arte sequencial como a infografia.

“'Trois Ombres' est un livre admirable. Un conte qui fascine, qui happe dès les premières pages.”
BD Gest

Sem comentários: