Infografia. Ilustração. Desenho Editorial. Banda Desenhada

Páginas

18 junho 2014

ISIS is using infographics to promote terror in Iraq


Selling terror: How Isis details its brutality. Não é uma corporação e não tem accionistas, mas o sucesso militar e brutalidade do grupo terrorista islâmico ISIS no Iraque é apresentado pelos jihadistas com o nível de rigor dos Relatórios e Contas das empresas. Os relatórios anuais ‘al-Naba’ recorrem à infografia para representar visualmente atentados, assassinatos, postos de controlo, missões suicidas, cidades tomadas e conversões à causa, revela o diário económico inglês ‘The Finantial Times’, no artigo ‘Selling terror: How Isis details its brutality’.

Somente em 2013, o relatório ‘al-Naba’ do ISIS reivindica através de uma infografia cerca de 10 mil operações no Iraque e norte da Síria, 1 000 assassinatos, 4 000 engenhos explosivos improvisados ​​plantados e centenas de prisioneiros libertados radicais. No mesmo ano, a representação visual da informação alega centenas de doutrinações.

Sucessor da organização funsamentalista islâmica al-Qaeda de Osama bin Laden, o Islamic State of Iraq and the Levant (ISIS), liderado por Abu al-Baghdadi, conta com 15 mil combatentes nas suas fileiras e adopta modernos métodos de comunicação, como uso das redes sociais, onde usa a hashtag #AllEyesOnIsis. O objectivo é a criação de um Estado independente muçulmano sunita na região, sob a lei islâmica (sharia).


Ver ‘The Finantial Times - Selling terror’

Sem comentários: